Feliz Ano Novo: Como planejar um novo ano e organizar suas metas

Olá, que bom te ver por aqui! Hoje vamos iniciar um novo ciclo junto com esse ano que chegou, cheio de novas possibilidades. Pensando nisso, falaremos hoje de como fazer um planejamento anual e definições de novas metas para começar o ano com tudo!






Chega um novo ano e é sempre a mesma história: "Esse ano vou começar a malhar", "Agora começo a dieta", "Vou me matricular na pós graduação que tanto quero", "Vou começar a guardar dinheiro para comprar um carro novo...".

Essas "promessas" nem sempre tem uma boa reputação porquê na maioria das vezes não é algo que realmente acontece e é considerada como promessas vazias e nada mais. Quem nunca passou por isso, não é mesmo?


Algumas dessas metas geralmente não vão até o segundo mês do ano e isso é causado em grande maioria por se tratarem de promessas muito ambiciosas e que já começam te exigindo o máximo. Vamos com calma, okay?


Antes de começarmos a planejar o ano novo que temos pela frente, lembre-se que você terá 365 dias de novas possibilidades, cada qual com as suas dificuldades e limites a serem enfrentados, por isso comece com calma e sabendo que nada acontece do dia para a noite. Pode ter certeza que se você tiver isso em mente já é um grande e importante avanço.



Assim, antes de pensarmos em uma meta grande e que em alguns casos se torna inalcançável e muito difícil de atingir, vamos começar com as pequenas metas que você sabe que consegue conquistar dia após dia. Se o seu objetivo é emagrecer 20 quilos, comece buscando um médico especialista que te oriente por onde começar, ao invés de buscar uma "dieta milagrosa" na internet que pode acabar comprometendo a sua saúde com a promessa de um resultado rápido.


Outro exemplo é caso você pense em deixar seu emprego atual e abrir a sua própria empresa. Antes de tomar uma decisão tão importante como essa e que pode acabar comprometendo o seu orçamento familiar, pense em primeiro estudar o mercado onde quer abrir a empresa, qual o segmento, que especialização essa etapa vai te exigir, qual será a origem do capital para o investimento, etc. Fragmente a grande meta em vários pequenos passos.


Vamos começar organizando tudo na ponta do lápis e escrevendo as metas e objetivos de cima para baixo, ou seja, do mais "difícil" até o objetivo mais alcançável, como se fosse uma pirâmide. Se for mais fácil para você, DESENHE até que você comece a visualizar o seu sonho já realizado... Você é o primeiro que tem que acreditar que se concretizará.


Importante que as suas metas sejam mensuráveis e concretas, assim como dentro da sua realidade. Não adianta colocar como regra que vai guardar uma quantia X de dinheiro por mês sendo que esse valor estabelecido pode acabar comprometendo a sua renda mensal. Seja pé no chão!


Outro detalhe importante é: Trabalhe de modo a realizar a sua meta no SEU ritmo. Não existe uma receita de bolo ou uma regra de como chegará aquele objetivo através dos olhares de outras pessoas, só você sabe de com funcionará para você... Por isso molde a sua realidade.


Uma dica bacana para começar o seu planejamento anual é escolhendo um tema para o ano novo, que escreva o que você busca alcançar nesse ano, como "mudança"; "atitude"; "pro-atividade", "foco", etc.



Fonte: Pinterest




Pense que as suas metas e objetivos são o que vão te nortear o seu caminho até o destino. Independente de como será o percurso, o importante é chegar no destino final...


Colocando em prática, pegue a sua agenda nova, um caderno ou até mesmo uma folha grande caso queira deixá-las em destaque e escreva todos os meses do ano separadamente e, abaixo do nome de cada um deles escreve suas metas e objetivos MENSURÁVEIS com o tempo que está vivendo. Por mais que parece besteira, escreva tudo o que para você é alcançável.


Vamos deixar outro detalhe aqui em destaque: Tudo que você escrever no papel é apenas uma previsão que irá te nortear até o seu objetivo. Pode ser que na metade do ano ou até em menos tempo essas metas e ideias possam ter mudado e está tudo bem, tem a ver com a sua vida e as suas escolhas, respeite-as.


Lembra que falamos de fragmentar as grandes metas em pequenos passos? Vamos falar disso agora. Depois que você colocou os objetivos para cada mês do ano, está na hora de organizar os meses. Se você colocou como meta de janeiro a sua organização financeira, liste quais são os passos que você precisa seguir durante o mês para que isso aconteça, como: separar as dívidas de curto, médio e longo prazo, assim como separar as dívidas fixas como água e luz, etc., ver os gastos que acabaram acumulando e por ai vai. O mais importante nesse processo todo é que no final de cada objetivo tenha bem explicado qual a sua participação para que essa tarefa seja realizada, ou seja, "o que eu tenho que fazer para que isso dê certo".



Fonte: Pinterest



Não esqueça de colocar no seu planejamento os seus compromissos recorrentes, como o trabalho e os estudo. Inclua os seus sonhos na sua rotina e comemore as pequenas conquistas.


Essas são as dicas de hoje. Se você gostou desse assunto nos siga nas nossas redes sociais e não esquece de dar um pulinho em nosso site e veja quanto produto lindo tem lá a sua espera. Até a próxima e um ótimo ano novo!


1 visualização0 comentário